Rondônia, 24 de julho de 2024 – 10:53
Search
Anuncie aqui
Search
24 de julho de 2024 – 10:53

Palavras do Governador – Não vamos adotar o lockdown

Anuncie aqui
Governador Marcos Rocha
Governador Marcos Rocha

Boa noite, Rondônia.

— Não vamos adotar o lockdown, como alguns portais e pessoas afirmaram. Peço, novamente a esses, que não façam manchetes erradas. Pois, além do medo dispensável, confundem e acabam resultando em uma corrida desnecessária aos supermercados, fazendo exatamente o que não deve ser feito.

— Reintero, mais uma vez, que meu posicionamento não é favorável a um lockdown (fechamento completo e restrições legais de tráfego) no atual cenário. Com a experiência que temos hoje, a linha do equilíbrio será a mais justa e produtiva a longo prazo.

— Isso não significa que a COVID-19 irá desaparecer magicamente. Ela está aí e devemos ter consciência da sua existência para assim seguir corretamente as determinações de medidas sanitárias e evitar aglomerações. Quanto mais coesos e unidos estivermos, melhor será para a saúde e a economia.

— A decisão de hoje, do aumento do distanciamento, é seguindo o plano Todos por Rondônia, estabelecido desde maio, aberto para toda população.

— Como já falado, ele é um plano altamente técnico e instrutivo que descreve a estratégia de reabertura gradual e responsável do comércio. O plano é baseado em casos de sucesso fora do país e optou pelo equilíbrio entre a economia e a saúde.

— Ou seja, o critério não foi decidido hoje. Ele foi colocado há mais de um mês na construção do plano Todos por Rondônia e obedece a norma técnica de que uma região, com taxa superior a 80% de ocupação em leitos de UTI’s, deve voltar a fase 1, onde apenas parte do comércio ficará aberta.

— Busco ser justo e técnico em todas minhas decisões. O plano foi elaborado com esses valores. Nessas escolhas não existe certo ou errado, pois o que é certo para um, é errado para outro. Mas é fundamental guiarmos pelo o que é justo e técnico.

— Todas as decisões têm consequências. Todas. E temos que assumirmos elas com cabeça erguida e focado no que é certo.

— Vamos vencer esse desafio, Rondônia, como já vencemos tantos outros. E será da forma correta!

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp