Rondônia, 20 de julho de 2024 – 21:52
Search
Anuncie aqui
Search
20 de julho de 2024 – 21:52

Recorde de vendas em sexshop online durante pandemia

Anuncie aqui

 

As compras em sexshop online na quarentena multiplicaram as vendas e baniram o preconceito. Por que as mulheres e os mais jovens assumem a liderança.

Era o sonho dos mais tímidos: quem sempre quis comprar um brinquedo sexual, mas tinha vergonha de entrar em uma sex shop, encontrou seu melhor aliado na quarentena e na ascensão das compras online. Com sacolas discretas que não incomodariam nenhum vizinho com o conteúdo, eles recebiam na porta de suas casas o que vinha fantasiando há muito tempo. E assim, a venda desse tipo de produto, que já vinha crescendo há uma década, disparou em plena pandemia. 

 

Mulheres no topo das vendas de brinquedos eróticos

Outro número que explica a mudança nos hábitos de consumo é que se antes 80% era vendido no local, hoje o número está próximo de se inverter: 70% é vendido online e 30% pessoalmente. E se os compradores forem catalogados, o número se replica: são 70% mulheres e 30% homens. 

As mulheres compram em sexshop online mais para elas mesmas, seja para uso pessoal ou para os parceiros. De fato, os homens que entram geralmente vão comprar para suas esposas ou usar com elas. Os dados fazem sentido considerando que cerca de 75% dos produtos são voltados para mulheres. Além de saber que o brinquedo que mais causa sensação nos últimos tempos é um “sugador de clitóris”. 

Entre os muitos modelos que possuem essa função, há um que se destaca: o “Satisfyer”, um produto tão massivo que até há mulheres no mundo que o tatuaram. Sua grande conquista é que ele funciona com a pressão das ondas de ar, uma nova tecnologia que oferece diferentes níveis de intensidade, permitindo atingir o orgasmo mais rapidamente. 

Escolher um brinquedo é algo muito particular; há pessoas que são mais e menos sensíveis, algumas que já usaram alguns produtos e precisam de algo mais forte. Outra novidade nesta área é a incorporação de silicone 100% puro, sem produtos químicos e hipoalergênicos.

A categoria que também se mantém firme é a de vibradores, que incorporou diversas inovações. Os mais escolhidos são os do tipo ‘coelho’ que estimulam a zona G e o clitóris ao mesmo tempo. Também mini vibradores, muito escolhidos por pessoas que querem experimentar pela primeira vez. Outros escolhidos são ovos vibratórios de controle remoto e anéis penianos.

E se falarmos de inovações, não podemos deixar de lado a grande revolução desses tempos: brinquedos com aplicativos para controlar a longas distâncias. Se o seu parceiro está em outra cidade ou país e, por exemplo, eles não podem se ver, eles ainda podem continuar jogando juntos e sexting graças a esses dispositivos. 

Isso funciona com os mesmos modelos citados acima, mas com tecnologia mais avançada, que permite personalizar os dispositivos, o tipo de vibração e a forma de conexão. A forma de recarregar também mudou: das clássicas pilhas de relógio, AA ou AAA, aos carregadores USB.

Dessa forma, comprar novos itens para explorar a sua sexualidade e sair da rotina nunca foi tão fácil, não é mesmo? Com apenas alguns cliques você consegue fazer suas comprar de onde estiver e recebê-las em casa com total conforto, segurança e discrição.

(Anunciante)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp