Cacoal/RO, 26 de fevereiro de 2024 – 09:05
Search
Search
26 de fevereiro de 2024 – 09:05

Secretário do Meio Ambiente conhece projeto de Cacoal

SECRETÁRIO MARCÍLIO LEITE LOPES VISITA FAZENDA EM CACOAL QUE DESENVOLVE PRATICAS SUSTENTÁVEIS DE CONSERVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DE SOLOS E RECURSOS HÍDRICOS

1 600

As práticas permanentes de conservação e recuperação de solos, desassoreamento de lagos, recuperação das nascentes, cursos d’água e das áreas de preservação permanente, entre outras atividades desenvolvidas na fazenda Montana, em Cacoal, levou o secretário de Estado do Desenvolvimento Ambiental de Rondônia (SEDAM), Marcílio Leite Lopes, a conhecer na última sexta-feira, 28/05, “in loco”, as ações que estão sendo desenvolvidas pelos proprietários Marcos Alexandre Teodoro de Oliveira, e Jonas Góes, que destacam a fazenda pelas práticas de conservação e recuperação dos solos e seus recursos hídricos, e também pela proteção do meio ambiente e seus recursos naturais, em harmonia com as atividades rurais produtivas.

600 2 1

Preocupados com a recuperação das nascentes, cursos d’água e APPs na propriedade, está sendo executado também um projeto de desassoreamento que vai servir de referência e modelo para outros produtores rurais, pois está contando com apoio e licenciamento ambiental feito pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Cacoal.

600 3 1

Marcos Góes disse que todas as nascentes serão beneficiadas pela principal pratica de conservação do solo na propriedade, que são as alocações das curvas de níveis nas áreas produtivas, localizadas a montante das nascentes, com isso, promovendo a melhora do aproveitamento do terreno, diminuindo e evitando erosões, facilitando o escoamento e infiltração da água das chuvas no solo (importante para a manutenção de água no lençol freático, e dando suporte de água as nascentes e mananciais durante o verão amazônico), melhorando também as áreas de pastagens antes degradadas, beneficiando outra prática de conservação do solo, que é o plantio direto, que será implantado aos poucos; gradativamente também, serão feitos os plantios de árvores, que ajudarão na recuperação das matas ciliares próximos das nascentes e seus cursos d’água.

Para Jorge Murer, um dos idealizadores e atual executor do projeto Renascer das Águas do município de Cacoal, sendo este aplicado nas fazendas Montana e Jatuarana, com o objetivo de conservar e recuperar os solos, os recursos hídricos e beneficiar os produtores rurais, visto também que Cacoal tem imenso potencial na produção de café e outras culturas, e há uma demanda crescente pelo uso de água na irrigação; “temos que agradecer ao governador de Rondônia, coronel Marcos Rocha, e ao secretário da SEDAM Marcílio Lopes, por darem apoio ao nosso projeto Renascer das Águas, que tem como ponto focal beneficiar os recursos hídricos”, afirmou Jorge.

Jonas Góes também proprietário da fazenda Montana, destacou a visita do secretário como positiva para que os trabalhos de conservação e recuperação de solos e dos mananciais de água da propriedade venham servir como referência para proprietários rurais e outros municípios, visto que o projeto ao recuperar nascentes e minas, tem recebido elogios por quem visita as duas propriedades.

Ao visitar diversos pontos da Fazenda, o secretário Marcílio agradeceu aos proprietários Marcos Alexandre Teodoro de Oliveira e Jonas Goes pela oportunidade de conhecer o projeto, e deve fazer gestão junto à Casa Civil do Governo do Estado para que seja agendada uma visita do governador coronel Marcos Rocha a uma das duas propriedades e, para que desta forma, possa conhecer o exitoso trabalho de conservação e recuperação dos solos e recursos hídricos que está sendo realizado em Cacoal.

A visita do secretário Marcílio contou com as participações de Marco Cavalcanti, gerente Regional da Sedam em Ji-Paraná; Hermerson Alvarenga, analista ambiental e José Lucivaldo Moita, assessor da Sedam.

INÍCIO

O Projeto Renascer das Águas foi idealizado e iniciado pelas mãos de Vilmar Kemper enquanto secretário municipal de Agricultura na gestão da prefeita Sueli Aragão e teve continuidade através de Jorge Murer, que está à frente do projeto até o momento, tendo atendido dezenas de propriedades no município de Cacoal e em face da repercussão positiva, tem recebido inúmeros pedidos para ajudar a implantar em outras propriedades.

(Assessoria/Redação -Fotos: Miro Costa).

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp