Anuncie aqui
Anuncie aqui

Fezes de animais tiram a paz de moradora de Cacoal; todo o dia professora é obrigada a “recolher cocôs alheios”em frente de casa

 

Se era no gramado cultivado em frente à sua residência que a cacoalense Melita Klein gostaria de passar momentos agradáveis com o netinho Saulo ou tomar um bom chimarrão nos finais de tarde, as coisas não tem saído tão bem como o planejado por ela.

Fezes de animais, especialmente de estimação, tem tirado a paz da professora! “A gente tem jardim para aproveitar do lado de fora da casa, mas minha função tem sido levantar todo o dia e juntar as fezes de cachorros alheios! É preciso pensar num jeito de pedir àqueles que tenham animais de estimação para que cuidem deles”, pediu Melita à equipe do Jornal Tribuna Popular.

Passear com os animais é divertido, além de ser muito importante para a saúde física e emocional dos bichinhos. Contudo não recolher as fezes do animal é considerado acima de tudo uma falta de respeito com os pedestres e com os moradores das ruas por onde passeiam os bichinhos, como é o caso da professora Melita.

“É chato! Às vezes a gente quer sentar para tomar um chimarrão lá fora e precisa fazer a faxina primeiro. E mesmo assim, com o Saulinho, é difícil pra deixar ele sentar e brincar no gramado”, desabafa.

A preocupação é porque as fezes dos bichinhos podem ser fonte de inúmeras doenças, tanto para humanos, como para outros animais. É por isso, que recolher o “cocô” dos animaizinhos de estimação é um hábito que todo tutor deve ter, não apenas por ser um gesto de respeito ao próximo, mas por ser um ato consciente que evita a proliferação de doenças.

Por isso, mesmo que seja só para um curto passeio, é importante levar um saquinho plástico e dar o correto fim às fezes dos bichinhos.

“Conversei com um outro morador dessa mesma rua (Av. Carlos Gomes) e ele me disse que irá cimentar o espaço dele, pois as pessoas vem com o cachorro na coleira e param no gramado dele para as necessidades”, finaliza Melita Klein.

(Giliane Perin/ Tribuna Popular)

 

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp