Anuncie aqui
Anuncie aqui

Libertadores: Bragantino perde para o Estudiantes e se complica

Massa Bruta foi derrotado pela segunda vez pelo time argentino e pode ser ultrapassado pelo Nacional, que enfrenta o Vélez Sarsfield

RB Bragantino conheceu sua segunda derrota na Libertadores da América e se complicou demais na competição. Na noite desta terça-feira (17), o time do interior paulista perdeu para o tetracampeão Estudiantes (Argentina), pelo placar de 1 a 0, no Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, em duelo válido pela quinta rodada do Grupo C. Del Prete marcou o gol dos argentinos.

Com o resultado, o Massa Bruta manteve os cinco pontos e pode ser ultrapassado pelo Nacional (Uruguai), que encara o Vélez Sarsfield (Argentina) na quarta-feira (18) e tem quatro. Em caso de vitória dos uruguaios, o time paulista será obrigado a vencê-los, na última rodada, no Uruguai, para se classificar às oitavas. Já o Estudiantes garantiu o primeiro lugar no grupo.

Próximos jogos
O próximo desafio do Massa Bruta será novamente pela Libertadores, no dia 24 (terça-feira), 19h15, fora de casa, contra o Nacional (Uruguai), pela sexta, e última, rodada, precisando…

Já o Estudiantes joga também pela última rodada da Libertadores, contra o Vélez Sarsfield (Argentina), também fora de casa, no mesmo dia e horário.

O jogo
O duelo começou com os argentinos tendo mais posse de bola e dominando o jogo, com o Bragantino tendo muita dificuldade para sair jogando e criar jogadas. A primeira chance foi dos hermanos, aos sete, com Castro, que recebeu na entrada da área e bateu cruzado, mas a bola foi para fora.

Aos 16 foi a vez de Luan Cândido, do Braga, chutar forte de fora da área, também direto para fora. Aos 31, o volante Raul fez o mesmo, arriscando de fora da área, por cima do gol.

Aos 42 a melhor chance do Estudiantes. Diaz aproveitou rebote e bateu forte, para defesa de Cleiton, que mandou para escanteio.

No segundo tempo, o Braga voltou melhor e assustou logo no primeiro minuto, com Helinho, que bateu por cima do gol. Aos nove, Artur avançou pela direita, e cruzou para Ytalo, que no bico da área, bateu rasteiro, mas a bola passou perto do gol.

Um minuto depois, Helinho cruzou e Eric Ramires acertou um belo voleio, mas Andujar salvou os argentinos. Aos 15, Artur recebeu de Helinho e chutou forte de fora da área, mas a bola passou por cima do gol.

Porém, o Estudiantes não é o líder do grupo à toa. Aos 31, Castro chutou cruzado, a bola desviou em Realpe e sobrou para Del Prete, que virou uma ‘puxeta’ para abrir o placar.

O Braga então se mandou para o ataque. Aos 39, escanteio e Léo Realpe subiu bem, cabeceando com força, na trave. Três minutos depois, Aderlan recebeu de Artur e tentou encobriu Andujar, mas a bola foi para fora.

Nos acréscimos, Artur foi derrubado na área, mas o árbitro não marcou nada, para desespero dos atletas paulistas. Lembrando que na primeira fase não tem VAR. Final de jogo, 1 a 0 Estudiantes.

FICHA TÉCNICA
RB Bragantino 0 x 1 Estudiantes (ARG)
Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP)
Data e hora: terça-feira (17), às 19h15
Árbitro: Juan Benítez (Paraguai)
Auxiliares: José Cuevas (Paraguai) e Rodney Aquino (Paraguai)

Gol: Del Prete, aos 31’/2T (Estudiantes)

RB BRAGANTINO: Cleiton; Andrés Hurtado (Aderlan), Realpe, Renan e Luan Cândido; Jadsom (Sorriso), Eric Ramires e Raul (Praxedes); Ytalo (Alerrandro), Artur e Helinho (Jan Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri.

ESTUDIANTES: Andújar; Godoy, Rogel, Noguera e Más; Castro (Toledo), Rodríguez, Zuqui (Kociubinski) e Pellegrini (Zapiola); Del Prete (Orosco) e Diaz (Boselli). Técnico: Ricardo Zielinski.

Fonte: esportes.r7

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp