Cacoal/RO, 20 de maio de 2024 – 08:13
Search
Search
20 de maio de 2024 – 08:13

Ministério Público de RO adota programa de telefonia digital

O Ministério Público de Rondônia evoluiu do tradicional sistema de PABX para adotar uma moderna e econômica solução de telefonia – o PABX virtual. A mudança na tecnologia de distribuição de chamadas promete impactos positivos para os públicos interno e externo do órgão, ofertando a possibilidade do uso de ramais institucionais em plataformas digitais, como o Microsoft Teams, softwares phones e computadores, além dos dispositivos já disponíveis. O programa ainda permitirá, no futuro, a prestação de um serviço de 0800 para atendimentos à sociedade, inclusive, em horários fora do expediente.

Denominado Comunicação Integrada, o projeto que resultou na implantação do sistema é uma iniciativa da Procuradoria-Geral de Justiça, alinhada ao Planejamento Estratégico da Instituição, como parte do projeto MP 4.0. A implantação da tecnologia foi operacionalizada pela Diretoria de Tecnologia da Informação (DTI) e Departamento de Infraestrutura, sob a coordenação da Secretaria-Geral do MPRO.

Conforme explica o Diretor de Tecnologia, João Ricardo da Silva, a mudança no sistema consiste, resumidamente, na substituição de tecnologia da clássica telefonia PABX, anteriormente instalada fisicamente em cada ponto de presença no Ministério Público, para o PABX Virtual, chamada de Comunicação Integrada.

 

Multicanais – Com a nova solução tecnológica, o Ministério Público ofertará aos usuários a possibilidade de utilização do sistema de telefonia, por meio de ramais fixos, móveis, celulares, computadores, tabletes, entre outros, evoluindo de um sistema de telefonia integrado para um software de comunicação integrada. “O sistema estará em constante evolução, tendo em vista ser incorporado à plataforma Teams, da Microsoft”, afirma João Ricardo da Silva.

O Secretário-Geral do MPRO, Promotor de Justiça Dandy de Jesus Leite Borges, sublinha a importância da inovação, afirmando ser mais uma ação de aprimoramento institucional para bem servir à sociedade rondoniense. “Estamos certos de que o novo sistema estreitará ainda mais nosso relacionamento com os cidadãos do Estado, fazendo-nos oferecer atendimento, de modo mais célere e efetivo”, destaca.

A Comunicação Integrada é parte de um plano de tecnologia evolutiva institucional do MP. A iniciativa já apresenta resultados, em termos de economia nas oito Promotorias de Justiça em que o serviço foi instalado. A DTI atuou na operacionalização da ferramenta, com quatro profissionais, os quais estiveram à frente do planejamento, coordenação e instalação do serviço.

(Gerência de Comunicação Integrada/GCI-MPRO)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp