Rondônia, 16 de julho de 2024 – 11:10
Search
Anuncie aqui
Search
16 de julho de 2024 – 11:10

O DIA 20 DE ABRIL NA HISTÓRIA

Anuncie aqui


Por Lúcio Albuquerque – [email protected]

BOM DIA 20 DE ABRIL!


RONDÔNIA:

1870 – O imperador D. Pedro II concede ao coronel George Earl Church autorização para construir uma ferrovia margeando as cachoeiras do Rio Madeira.

Em 1944 – O governador Aluízio Ferreira assina o Decreto 14, criando o Serviço de Navegação do Madeira.

COMEMORA-SE:
• Dia do Diplomata (Homenagem ao patrono da diplomacia brasileira, o barão de Rio Branco). Dia do Disco. Católicos lembram São Teodoro, Santa Inês de Montepulciano e Santo Aniceto.

FATOS:
1233 — O Papa Gregório IX edita a bula Licet ad capiendos (Embora eles pequem) iniciando a Inquisição.

1862 — Louis Pasteur e Claude Bernard refutam a teoria da geração espontânea (abiogênese).

1884 – Nasce o “Poeta da Morte”, Augusto dos Anjos.

1889 – Nasce o ditador Adolf Hitler um dos maiores genocidas da História.

1910 — Fundação da Congregação Cristã no Brasil.

1920 – O Brasil estreia nos Jogos Olímpicos, na Bélgica e ganha três medalhas.

1946 – A Sociedade das Nações é desfeita dando lugar à ONU.

1961 – Fracassa a Invasão da Baía dos Porcos (Cuba), por exilados cubanos apoiados pelos EUA.

FOTO DO DIA

7c6c69f9 9281 4aaa B54a 5811fa2dcc6f

Nascido em 1902 em Santa Catarina, em 1946 o religioso João Batista Costa foi informado que fora nomeado bispo da diocese de Porto Velho, onde chegou em 1947, onde passou a ser chamado, pela maneira como tratava os que o procuravam, “Bispo dos Humildes”. Além da ação pastoral, visitando as diversas comunidades tanto da zona rural quanto da ribeirinha e era comum vê-lo pilotando o pequeno barco em que viajava. D. João incentivou a criação da Rádio, organizada pelo padre Vitor Hugo em Porto Velho. Em 1982 renunciou ao múnus episcopal no dia 9 de junho de 1982, falecendo em 1996. Na foto, em cerimônia em frente à catedral do Sagrado Coração de Jesus (PVh) estão: Nélio Guimarães e Orlando Freire (ambos da Guarda Territorial); Rafael Castiel, funcionário público; Dom João e o jornalista Petrônio Gonçalves (F. Acervo Abnael Machado).

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp