Cacoal/RO, 17 de maio de 2024 – 19:55
Search
Search
17 de maio de 2024 – 19:55

O DIA 27 DE ABRIL NA HISTÓRIA

27.4.2024 – BOM DIA!
Lúcio Albuquerque / 69 99910 8325

RONDÔNIA

1918 – Sem pessoal para compor mais de uma seção eleitoral, o juiz Juventino Themudo informa: todos eleitores de Porto Velho votarão só na seção da prefeitura.

1947 – O empresário Albino Henriques requer ao Banco da Borracha (atual Basa), incluir Porto Velho ao projeto do banco de instalar usinas de beneficiamento na região.

1954 – O Serviço de Navegação do Madeira inicia viagens entre as cachoeiras de Santo Antônio e Teotônio.

1964 – José Manoel de Cunha Menezes assume como o 19º governador do Território, o 1º do período pós-64.

1976 – O título de campeão rondoniense der futebol será definido no “tapetão”, mas quem perde com isso é o público, conforme o jornalista Simeão Tavernard.

1986 – O ministro da Cultura Aluízio Pimenta vai ao Forte Príncipe e anuncia que seu ministério tem projeto de recuperação do Forte.

HOJE É

Dia Nacional da Empregada Doméstica. Dia do Sacerdote. Dia Mundial do Design Gráfico. Dia Nacional do Auditor de Controle Externo. Dia do Emigrante.

Católico celebram Santa Zita de Lucca, São Simeão,

BRASIL

1925 – Nasce o jurista Raymundo Faoro (+2023), autor do livro “Os Donos do Poder”, principal obra sobre a formação política do Brasil.

1940 — Inauguração do Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho em São Paulo.

MUNDO

2014 — “Dia dos 4 Papas”. João 23 e João Paulo II foram canonizados pelo Papa Francisco, em arto concelebrado pelo emérito Bento XVI.

2018 — As Coreias do Norte e do Sul encerram formalmente a Guerra da Coreia (1950/53).

FOTO DO DIA

“CRIATURA ROMPE COM CRIADOR”

Eleito deputado federal em 1982, Chiquilito Erse já estava se distanciando de seu “padrinho” político, o governador Jorge Teixeira no ano seguinte, e ampliou quando Teixeira anunciou que todos os votos do PDS do Estado iriam para Mário Andreazza, na convenção que acabou escolhendo Paulo Maluf.

Aos poucos “criatura” e “criador” se distanciavam. Era notório, mas não em público. Ainda em 1983 um grupo liderado pelos senadores Galvão Modesto e Odacir Soares pediu a exoneração de Teixeira, e poucos duvidavam que Chiqulito não fizesse parte do grupo.

No comício das diretas-já, em março de 1985, na Praça das “Caixas d’Água”, em Porto Velho, Chiquilito (de paletó, ao lado de Leonel Brizola, Tancredo Neves e José Sarney) criticou o trabalho de Teixeira e proclamou: “Chega de Militares em Rondônia” (*).

Seguidamente, a partir dali, Chiquilito passou a ser chamado, pelo menos de “ingrato” em relação a Teixeira.
(*) https://rondonoticias.com.br/noticia/cultura/40488/comicio-historico-e-intrigas-na-historia-politica-da-capital

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp