Cacoal/RO, 24 de maio de 2024 – 02:51
Search
Search
24 de maio de 2024 – 02:51

O DIA 4 DE MAIO NA HISTÓRIA – Dia Internacional do Bombeiro

4.5.2024 – BOM DIA!

Lúcio Albuquerque
69 99910 8325

RONDÔNIA
1918 – No “écran” do “Theatrinho Phenix” será exibida sessão dupla, com 15 comédias num filme de 820 metros.
1921 – O governo de Mato Grosso coloca em vigor lei que isenta de impostos à produção agrícola voltada para alimentos, o que beneficia muito o município de Santo Antônio.
1942 – Ainda em fase de organização, a Associação Guaporeense de Escoteiros abre inscrições para interessados em fazer “Curso de Chefe”.
1953 – Portaria do diretor de Segurança e Guarda do Território do Guaporé vai enquadrar infratores na Lei de Contravenção quem soltar foguetes na zona urbana.
1984 – O término da obra da hidrelétrica de Samuel depende da liberação pelo governo federal de U$ 39 milhões, conforme o governador Jorge Teixeira.
1990 – A OAB/RO recorre contra o Poder Judiciário que aprovou o nome do juiz Antonio Cândido, na vaga aberta com o falecimento do desembargador Fouad Darwich, alegando que a vaga é de indicação da Ordem.

HOJE É
Dia Internacional do Bombeiro. Dia Mundial do Star Wars.
Católicos celebram Dia Marista de Nossa Senhora Boa Mãe, Santa Antonina de Niceia, São Floriano, São Ciríaco, São José Maria Rúbio, São Peregrino Laziosi.

BRASIL
2000 — O Presidente Fernando Henrique Cardoso sanciona a Lei de Responsabilidade Fiscal. 1937 – Morre Noel (de Medeiros) Rosa (n. 1911), autor de clássicos, o maior deles, “Conversa de Botequim”.

MUNDO
1493 — O Papa Alexandre VI divide o Novo Mundo entre Espanha e Portugal ao longo da Linha de Demarcação. 1904 — Começa a construção do Canal do Panamá. 2000 – O vírus “i love you” paralisa sistemas de informática de todo o mundo.

FOTO DO DIA

DO OUTRO LADO, A BOLÍVIA

Quem estiver em Porto Velho e quer sair do Brasil para visitar terra estrangeira, há duas saídas, ambas por via rodoviária, uma, mais badalada, a “Pérola do Mamoré”, Guajará-Mirim.
A outra, mais simples, lugar muito bonito e de gente bem acolhedora, é a guardiã brasileira Fortaleza do Abunã, distrito de Porto Velho (270 KM). Na margem em frente fica o local chamado “do outro lado”, solo boliviano.
Até 2021 a travessia do Rio Abunã era feita por balsas, e poderia demorar duas horas, mas com a inauguração da ponte a viagem ficou mais rápida.
Em Fortaleza alguns personagens pontearam como do Santinha Alencar (durante muitos anos administradora), a parteira Vitória Rodrigues, o líder comunitário Chico Reis – neto do seringalista Otávio Reis, cuja família se instalou no fim do século XIX, na época áurea da borracha.
Alguns personagens importantes do samba rondoniense, Oscar Knight, Zé Baixinho, Neguinho Menezes, nasceram em Fortaleza, onde o atrativo maior são as praias de verão.
(Foto – Thiago Fagundes/Rondônia Minha Querida Rondônia)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp