Anuncie aqui
Anuncie aqui

Petróleo: Rússia se torna maior fornecedora para China

Em meio a guerra da Ucrânia, Moscou ultrapassou a Arábia Saudita nas exportações do combustível para o país asiático
O presidente chinês, Xi Jinping, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em encontro em 2018 | Foto: Mikhail Klimentyev/Russian Presidential Press and Information Office/TASS

 

A Rússia ultrapassou a Arábia Saudita como o maior vendedor de petróleo para a China em maio. O país asiático se aproveitou das sanções do Ocidente contra o governo de Vladimir Putin para comprar combustível mais barato de Moscou.

Aumento de 28,5% nas importações de petróleo

A China importou quase 8,4 milhões de toneladas de petróleo da Rússia no mês passado, 28,5% a mais do que em abril, segundo dados oficiais publicados pela agência de notícias Bloomberg, na segunda-feira 20. As exportações em termos monetários representaram cerca de US$ 7,5 bilhões em petróleo pagos pela China para a Rússia.

Xi disse a Putin que a China está “disposta a continuar o apoio mútuo com a Rússia em questões relacionadas à soberania, à segurança e a questões de grande preocupação”, segundo a agência estatal de notícias chinesa Xinhua. (Fonte: Revista OESTE)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp