“Pontes pela Educação” – MP destaca desafio e responsabilidade de todos

Encerrou-se, no dia (12/07), na cidade de São Miguel do Guaporé, o evento que debateu o Projeto “Pontes pela Educação: Busca Ativa Escolar e Governança em Redes” idealizado e promovido pelo Tribunal de Contas do Estado, com apoio do Ministério Público de Rondônia e outras instituições.

Foram dois dias de evento, sendo que o primeiro foi marcado por palestras pela manhã e oficinas de capacitação no período da tarde. Já no segundo dia foram apresentadas mais três temáticas, ministradas pelos auditores do TCERO.

 

Para o Promotor de Justiça da Comarca de São Miguel do Guaporé, Dr. Adalberto Mendes de Oliveira Neto, palestrante no evento com o tema: os desafios do presente e futuro relacionados ao Busca Ativa Escolar – BAE, o início do projeto piloto na referida Comarca, para ser replicado nos 52 Municípios de Rondônia, é motivo de muita honra e responsabilidade haja vista que, com a efetivação, cada criança/adolescente terá na educação o alicerce necessário para sua própria transformação e de sua família. “ O MPRO tem que acreditar no sucesso do projeto eis que, para além de uma obrigação funcional, a BAE é uma responsabilidade social de cada Promotor de Justiça no campo da infância e juventude”, enfatizou.

 

O Promotor destacou ainda que, com a realização do encontro, inicia-se, para todos os envolvidos e a sociedade em geral, o desafio da implementação e expansão de todo o projeto.

 

O evento contou com a participação do Presidente do TCERO, Dr. Paulo Cury Neto, Procurador Geral do MP de Contas, Dr. Adilson Moreira de Medeiros, da Promotora de Justiça da Infância e Juventude, Tânia Santiago, do UNICEF, através do Oficial de Educação Matheus Rangel, da UNDINE, na pessoa da Professora Luzilene, do Coordenador Operacional Estadual do BAE, Professor Kary Falcão, da Defensoria Pública de São Miguel, Késia Abrantes, além de toda a equipe de auditores do Tribunal de Contas e do fluxo intersetorial do Busca Ativa Escolar das cidades de São Miguel, Seringueiras e Nova Brasilândia do Oeste.

 

Gerência de Comunicação Integrada (GCI)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp