Rondônia, 16 de julho de 2024 – 11:38
Search
Anuncie aqui
Search
16 de julho de 2024 – 11:38

Rondônia: Garotas de programa estão exigindo comprovantes de vacinação contra a covid-19

Anuncie aqui

Devido ao aumento dos números de casos de covid-19 e o avanço da vacinação da população contra a doença, as garotas de programas do estado de Rondônia estão exigindo os comprovantes de vacinação, que pode ser o cartão de vacina ou comprovante emitido através de aplicativos do SUS.

Imagem Ilustrativa

A reportagem do Planeta Folha conversou com diversas garotas de programas nesta semana, ambas as garotas de programas fazem parte do site Fatal Model, site adulto especializado em divulgações de perfis sexuais, em ambos os casos as mulheres não autorizaram a divulgação de seus nomes verdadeiros, nem mesmo os usados no site e aplicativos de redes sociais.

As cidades escolhidas foram, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Porto Velho, Cacoal e Vilhena, em ambas cidades, cerca de 70% das garotas de programas exigem que os clientes sexuais estejam com o cronograma de vacinação em dias, e não basta apenas falar, antes dos sexos elas pedem para verem os cartões de vacina ou até mesmo através de fotos enviadas pelos aplicativos sociais.

“É um método de nós nos cuidarmos e o cliente também se cuidar, na maioria os clientes são acima de 50 anos, então é uma faixa etária mais sensível” explicou uma das garotas.

Outra garota disse, “na maioria são homens casados que nos procuram para o sexo, alguns ficam com receio de enviar as fotos do cartão de vacina, então antes deu ir ao Motel ou residências exijo logo na entrada, que eu veja o cartão de vacina, se não mostrar, o programa é cancelado na hora”, explicou outra.

“Tem uns coroas, que são mentirosos, e tentam nos enganar só na lábia, mas somos profissionais e logo descobrimos que é tudo mentira, e ai cancelamos o programa além de falarmos umas verdades a eles, mas claro que tudo sem ameaças ou algo do tipo, é muito perigoso no nosso ramo”, disse Ruiva, que autorizou a divulgação de seu apelido, desde que não citasse de qual cidade ela é.

Fonte: Planeta Folha

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp