Senador Acir Gurgacz destina R$ 8 milhões para entidades assistenciais

Solenidade para celebração do convênio ocorreu no auditório do Grupo SGC, em Porto Velho

O pequeno Thiago Ueliton Lourenço, de 6 anos, de Porto Velho, não escondeu a emoção ao conversar remotamente com o senador Acir Gurgacz, que estava em seu gabinete, em Brasília, para agradecer ao apoio do parlamentar às entidades que dão atenção aos autistas e outras crianças portadoras de necessidades especiais em todo o Estado de Rondônia.

Thiago é autista, e, por meio de um gesto singelo e um “muito obrigado” manifestou sua gratidão e a de centenas de outras crianças atendidas pelos projetos sociais e educacionais que receberam recursos destinados pelo senador Acir Gurgacz por meio de emenda parlamentar ao Orçamento da União.

A solenidade para celebração do convênio entre o mandato do parlamentar, o governo federal, a prefeitura de Porto Velho e as entidades assistenciais de Rondônia, ocorreu no auditório do Grupo SGC, em Porto Velho.

Só neste ano, o senador Acir Gurgacz destinou cerca de R$ 8 milhões para atividades sociais, assistenciais e educacionais desenvolvidas em instituições como a AMA-RO – Associação de País e Amigos dos Autistas, APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, ADRA – Associação Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais, ACUDA – Associação Cultural e de Desenvolvimento dos Apenados, ASBEMIC – Associação Beneficente Clube de Mães, Idosos e Crianças, Vila Nazaré, Associação Pestalozzi, Casa Família Roseta, Centro Social São Luiz Conzaga, Lar Leal, entre outras.

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) destacou que os trabalhos que as entidades estão fazendo é dever do Estado, mas como existe carência, o papel dessas instituições é de fundamental importância para o bem-estar da população, especialmente das crianças.

 “Nós sempre tivemos uma atenção muito especial para com nossas crianças, não somente porque elas são o futuro, mas para que elas tenham hoje uma vida com melhor qualidade, com mais saúde, educação, dignidade e respeito”, frisou Gurgacz.

A empresária Ana Maria Gurgacz, presidente de honra da AVJ – Associação das Voluntárias de Ji-Paraná, explicou que o mandato do senador Acir Gurgacz é destinado ao trabalho coletivo e não importa com as limitações políticas e partidárias. Ana elogiou o prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, por dar total abertura para que a Secretaria Municipal de Assistência Social e Família (Semasf) pudesse dar os encaminhamentos legais e as respectivas associações e entidades sociais para o recebimento dos recursos.

Ana Gurgacz também disse que o gabinete do senador Acir dispobilizou uma técnica para trabalhar juntamente com a equipe da Semasf para auxiliar na composição dos projetos das entidades.

 “Esta união em torno dos projetos sociais, que impactam positivamente na vida das pessoas, é um fundamental para que os recursos possam ser aplicados de forma mais ágil e nas necessidades mais urgente das pessoas, das crianças e das famílias”, frisou Ana.

O secrertário da Semasf, Claudir Rocha, a liberação desses recursos foi inédito e chegou num momento fundamental.

“Mobilizamos a equipe técnica para agilizar os trâmites legais e destinamos dois servidores técnicos para auxiliar as instituições na gestão desses recursos”, disse.

A presidente da Associação de Pais e Amigos dos Artistas (AMA), Nilza Maria Ferreira da Silva, disse que “esses recursos farão enorme diferença em nossas vidas e nas vidas de nossas famílias atendidas”.

O coordenador das Pastorais Sociais da Igreja Católica, Padre Miguel, elogiou o senador Acir por destinar os recursos para as entidades sociais e ressaltou que trabalho social é um dever cristão e com apoio é possível fazer muito mais para famílias menos favorecidas.

A diretora da Unidade 3 da Associação Acuda que atua na recuperação e ressocialização de apenados, Cleide Marcolino, disse que os recursos serão aplicados no patronato que é setor que atua na reinserção social dos apenados.

A representante da Cáritas, Irmã Celi, disse que os recursos recebidos serão destinados para o acolhimento das famílias de imigrantes que buscam na região uma nova forma de vida.

O presidente da Associação São Tiago Maior, Padre Enzo, disse que faria um testemunho histórico, pois em 33 anos de trabalho missionário em Porto Velho é a primeira vez que recebe uma emenda parlamentar e já empenhada o que garante o recurso em conta. “É a primeira vez que chega recurso para administração direta das entidades”, afirmou.

Fonte: DIÁRIO DA AMAZÔNIA

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp