Rondônia, 19 de julho de 2024 – 13:32
Search
Anuncie aqui
Search
19 de julho de 2024 – 13:32

Coluna OLHO VIVO – Desânimo x Política x Candidatos

Anuncie aqui

Desânimo x Politica x Candidatos

Por Claudemiro Souza

Obviamente, visando as eleições desse ano, começou a corrida eleitoral. Os acordos, as coligações e acertos entre partidos e políticos visando a disputa em busca de uma vaga de deputado, senador, governador e Presidente. Confesso que o cenário é desanimador com a maioria dos nomes que estão sendo apresentados, sejam a nivel estadual ou nacional, nada de novo, sempre as mesmas panelas, mesmos grupos, que se perpetuam no poder, infelizmente o eleitor fica sem opção, escolher o menos ruim e tentar acertar de alguma forma, e talvez por isso leva esse desânimo eleitoral da população.

Se sobram motivos para desânimo, negligenciar as eleições só piora o quadro. Votar apenas para cumprir a obrigação, sem análise, também não ajuda em nada. Logo, a melhor alternativa é evitar a idolatria, o fanatismo, as ideologias absurdas, e posicionar-se com criticidade perante partidos e candidatos. Mostrar que, para conquistar confiança, não basta a amizade, o tapinha nas costas ou a propaganda perfeita na mídia e nas redes sociais, muito menos aquelas promessas já costumeiras que ressurgem de 4 em 4 anos.
O eleitor tem o direito de cobrar postura, exigir projetos, ideias e dinamismo para promover as mudanças necessárias. Focar nas potencialidades locais, fortalecendo a educação, a saúde, bem como a cultura e o turismo. Enfim, um programa de governo novo voltado ao combate das desigualdades sociais e gerador de oportunidades para a população se qualificar, trabalhar e viver de forma digna.

Portanto, nesse sentido, é essencial usar o pleito em benefício da coletividade. Fazer o povo vencedor e não apenas o indivíduo ou partido. Na realidade e na prática, a missão é difícil, para não dizer impossivél, mas se logo de cara forem descartados os radicais, os corruptos, os “presos”, os autoritários, os que usam a religião em benefício próprio, os preconceituosos, os propagadores de ódio e de mentiras, o avanço já será significativo, não tenho certeza se vai sobrar algum, mas temos sim que se atentar a isso.

E para os candidatos ficha limpa, se é que vai surgir algum, lembre se que “honestidade” é obrigação, por isso mesmo não pode ser anunciada como principal qualidade para exercer cargos públicos, portanto sendo eleito, tenham postura e respeitem os votos recebidos que os colocaram ali, trabalhem para o povo…isso que os eleitores exigem e querem de fato.

Encerrando, que tenhamos um período de campanha eleitoral com respeito, que os candidatos apresentem projetos importantes para os eleitores, e o mais importante: que os cumpram se eleitos.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp