Rondônia, 19 de julho de 2024 – 05:28
Search
Anuncie aqui
Search
19 de julho de 2024 – 05:28

OLHO VIVO – Todos trabalhando!!!

Anuncie aqui

Por Claudemiro Souza

 

Diante da “maior crise sanitária da nossa época”, como chamou a Organização Mundial de Saúde (OMS), a economia brasileira mais uma vez não andou, ou melhor, foi para trás. A estimativa mais recente de analistas consultados pelo Banco Central é que o PIB (Produto Interno Bruto) tenha encolhido 4,3% no ano passado. Já as vidas perdidas para a pandemia do novo coronavírus alcançaram 621.517,

E esses números, infelizmente, só vem aumentando, isso muito se deve ao negacionismo das nossas autoridades, teimosia do povo e pelas teorias conspiratórias de redes sociais. O colapso da saúde no Brasil e no mundo é bem nítida e o desastre na economia parece ser inevitavél. Mesmo assim o povo brasileiro vai a luta, estão por ai, trabalhando pelo seu sustento e consequentemente fazendo o Brasil seguir em frente, super homens, super mulheres, anônimos que parecem não serem atingidos ou são imunes aos vírus da dengue, gripe e covid, verdadeiros heróis que usam uniformes de postos de combustíveis,

atendentes de supermercados, médicos, enfermeiros, farmácias, caminhoneiros, policiais militares,

bombeiros e demais trabalhadores de outros categorias. Trabalhadores que desde o inicio nunca deixaram de ocupar seus postos e sempre cumpriram suas obrigações, mesmo no auge da pandemia, senão teria sido o caos completo. Enquanto grande parte do povo vem se esforçando, se arriscando, acreditando na ciência e indo em busca de se vacinar, sobreviver de alguma forma e não deixar a crise afundar nosso País ainda mais nessa lama, somos obrigados a ver esse tipo de noticia:

“O Procurador-Geral de Justiça, Ivanildo de Oliveira e o Corregedor-Geral do Ministério Público, Procurador de Justiça Cláudio Wolff Harger assinaram uma nova Portaria Conjunta, determinando a partir do dia, 21 (vinte e um), a suspensão temporária do atendimento presencial em todas as unidades do MPRO no Estado. (Fonte (Departamento de Comunicação Integrada/ MPRO)

Parece que existe dois mundos, bem diferentes por sinal, o mundo dos “endeusados” que da a entender que estão acima de tudo e de todos e o mundo dos “pobres mortais” que tem que aceitar tudo e somente balançar a cabeça. Na minha humilde opinião, é lamentável essa decisão tomada pelo Ministério Publico de Rondônia, se tem as vacinas, e se elas são tão eficazes como garantem todos os órgãos de saúde, é vacinar os servidores, exigir os comprovantes, continuar seguindo os protocolos e nada de fechar e ficar em casa escondido, trabalhar, seguir em frente com ou sem virús.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp