Rondônia, 24 de julho de 2024 – 11:49
Search
Anuncie aqui
Search
24 de julho de 2024 – 11:49

Emater incentiva a conservação da água e do solo e participa de projeto para recuperar Rio Pirarara

Anuncie aqui

Modelo Para Foto 1000 X 625
Os produtores rurais cercaram as áreas de APP, para proteger do pisoteio dos animais de criação

No ano de 2021 por causa do agravamento da pandemia da Covid-19, até mesmo datas simbólicas e de relevância mundial ou nacionais não puderam ser comemoradas e as agendas de eventos foram canceladas ou adiadas. Duas dessas datas: o Dia Mundial da Água em 22 de março, e o dia nacional da conservação do solo, dia 15 de abril, passaram em branco, mesmo sendo datas especiais para a agricultura e entidades defensoras da produção rural sustentável, mas apesar das dificuldades impostas pelo distanciamento social, os trabalhos de proteção e conservação da água e do solo não pararam para os agricultores assistidos pela Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater-RO).

20210422 Conservao Do Solo 1 768x483 1
O técnico Antônio Fernandes de Assis acompanha a execução do projeto e emite relatórios para as entidades parceiras no projeto

Praticamente todos os escritórios da Emater-RO possuem propriedades assistidas que podem ser tomadas como referência para a conservação, tanto da água quanto do solo e, em algumas localidades a Emater-RO, participa de projetos integrados com outras entidades e órgãos oficiais. Na região do Vale do Rio Machado se destacam projetos de produção sustentável nos municípios de Cacoal, São Felipe, Ministro Andreazza e Espigão do Oeste.

Em Cacoal tem o projeto de conservação do Rio Pirarara, que é o principal curso d’água que corta a cidade e serpenteia por muitos quilômetros ao lado da Linha Sete até cruzar a área urbana, para depois cair no Rio Machado. Este rio tem sofrido degradação de todo tipo, desde a supressão das matas ciliares até o despejo da poluição urbana, por isto mereceu um projeto especial com a participação do poder municipal, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, do Ministério Público Estadual, de organizações civis e da Emater-RO.

20210422 Conservao Do Solo 3 768x483 1
O projeto forneceu um kit com arame estacas e mourões, além de mudas de frutíferas e essências florestais

Desde o último trimestre de 2019 o extensionista da Emater-RO Antônio Fernandes de Assis visitou e orientou 48 propriedades rurais para a proteção e recuperação de Áreas Proteção Permanentes (APP) e 23 proprietários se comprometeram executar medidas de proteção das nascentes identificadas pelo projeto, que contou com a participação de acadêmicos das faculdades de Cacoal para fazer o diagnóstico  socioambiental. 22 lotes rurais receberam gratuitamente materiais para cercar as áreas de proteção, apenas um não teve interesse em receber o kit, composto por estacas, arame e mourões para fazer a cerca, até a última visita do técnico, apenas 5 proprietários ainda não haviam concluído a construção da cerca.

Para a recuperação e melhoria da biodiversidade das áreas protegidas foram oferecidas mudas de plantas frutíferas e essências florestais, nesta atividade a participação foi menor, somente oito famílias participantes plantaram as mudas. “Os outros vão esperar a regeneração natural da vegetação, muito embora continuem as ações educativas para a adoção de práticas mais eficazes para a recuperação da APP, e uma produção rural consciente, econômica e ambientalmente sustentável”, diz o técnico Fernandes de Assis.

(Fonte: Assessoria de Comunicação da Emater)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp