Rondônia, 23 de julho de 2024 – 20:07
Search
Anuncie aqui
Search
23 de julho de 2024 – 20:07

O DIA 26 DE MARÇO NA HISTÓRIA

Anuncie aqui


Por Lúcio Albuquerque – [email protected]

BOM DIA 26 DE MARÇO!

RONDÔNIA:
1867 – O imperador Dom Pedro II assina ordem para o engenheiro Franz Keller fazer estudos para construir uma ferrovia margeando as cachoeiras do Rio Madeira.

COMEMORA-SE:
Dia Mundial de Conscientização da Epilepsia. Dia do Cacau e do Chocolate. Dia do Mercado Comum do Sul – Mercosul. Católicos lembram São Cástulo, São Porfírio de Gaza e São Ludgero, holandês.

FATOS:
1827 – Morre Ludwig van Beethoven, compositor, autor, dentre outras obras a 9ª Sinfonia, considerada a mais importante.

1899 – O arqueólogo alemão Robert Koldewey descobre as muralhas da antiga Babilônia Iraque), dentre elas as muralhas externas, a fundação da torre de Babel, os palácios de Nabucodonosor e a avenida principal que atravessava a cidade.

1936 – Nasce Éder Jofre, primeiro brasileiro campeão mundial de boxe.

1943 – Nasce Bob Woodward, jornalista do The Washington Post, um dos responsáveis pelo desvendamento do caso Watergate.

1953 – Jonas Salk anuncia sua vacina contra a poliomielite.

2000 – O Papa João Paulo II visita o Muro das Lamentações em Jerusalém.

2014 – Equipe internacional liderada por brasileiros descobre o primeiro sistema de anéis em um asteroide do Sistema Solar.

FOTO DO DIA:

400 2

Construir uma ferrovia num lugar que poucos sabiam onde ficava? Deve ter sido o pensamento de admiradores e adversários do imperador Dom Pedro II naquele dia 26 de março de 1867, quando autorizou o engenheiro Franz Keller a estudar a possibilidade de construir uma ferrovia nas margens do Rio Madeira, no trecho encachoeirado – Santo Antonio a Guajará-Mirim. Um homem muito acima dos tempos que vivia, talvez por ter sido o governante de maior cultura que já tivemos. Proclamada a República, ele foi praticamente expulso do Brasil e morreu em 1891, na França, uma República que prestou a ele imensas homenagens (foto). D. Pedro não viveu para ver sua ideia realizada: 40 anos depois daquela autorização a Ferrovia Madeira-Mamoré estava em construção.

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp