Cacoal/RO, 3 de março de 2024 – 08:04
Search
Search
3 de março de 2024 – 08:04

PRF-RO apreende mais de 40 Kg de drogas

Prejuízo aos criminosos é de, aproximadamente, R$ 4 milhões

Rondônia, 19/01/2023 – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, apenas na tarde de ontem (18), realizando comandos de fiscalização de trânsito, realizou a apreensão de cloridrato de cocaína, pasta base e maconha.

A primeira ocorrência foi registrada na BR 421, próximo ao Km 02, no município de Ariquemes/RO, na qual foi abordado um HONDA/Fit de cor prata. Durante a fiscalização, os 2 ocupantes do veículo demonstraram nervosismo e desencontro de informações, o que motivou uma busca mais aprofundada. Foram encontrados 20,58 Kg de pasta base de cocaína. O passageiro, de 32 anos, relatou que receberia R$ 700 reais por quilo da droga para transportar, totalizando R$ 14 mil.

A segunda ocorrência ocorreu na BR 364, próximo ao Km 759, no município de Porto Velho/RO. Foi dada ordem de parada a um táxi, que estava transportando um casal: um homem, de 37 anos e uma mulher, de 22 anos. Seguindo os procedimentos, foi solicitado ao motorista que abrisse o porta-malas para verificar os equipamentos obrigatórios. De imediato, observou-se uma grande sacola com vários tabletes coloridos. Ao ser indagado, o taxista afirmou que os pertences eram do casal. Após teste preliminar, foi constatado que se tratavam de cloridrato de cocaína (7,5 Kg) e maconha (12 Kg). Os infratores afirmaram que haviam pego a substância ilícita em Nova Mutum e levariam até Porto Velho.

Somando as ocorrências, 40,08 Kg das drogas ilícitas foram encaminhados à Polícia Judiciária para destruição. Os infratores também foram conduzidos à Autoridade Policial, permanecendo à disposição do Poder Judiciário. Conforme estimativa da Polícia Rodoviária Federal, o quilo da droga ilícita está avaliado em R$ 180 mil (cloridrato de cocaína), R$ 120 mil (pasta base) e R$ 2.168,40 (maconha). O prejuízo estimado aos criminosos é de R$ 3.845.620,80. (Assessoria de Imprensa PRF-RO)

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp