Cacoal/RO, 18 de abril de 2024 – 13:54
Search
Search
18 de abril de 2024 – 13:54

FIERO apoia e parabeniza decreto que visa incremento na oferta de voos para Rondônia

 

A perspectiva de aumento da oferta voos por parte das companhias aéreas para atender o estado de Rondônia foi vista como positiva pela Federação das Indústrias de Rondônia (FIERO), pois significa que a regularidade da malha viária pode incrementar os negócios, pois atualmente, os voos estão cada vez mais escassos e com valores exorbitantes. Além do mais, o aeroporto internacional Jorge Teixeira de Oliveira passa por reformas para melhor atender seus usuários.

O decreto nº 28.989, de 21 de março de 2024, assinado pelo governador Marcos Rocha, alterou o dispositivo no regulamento do Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS) para facilitar a operacionalidade das companhias aéreas. Em contrapartida, as companhias deverão oferecer voos diretos e regulares, com frequência mínima de 14 voos semanais, saindo de Porto Velho, para ter direito ao desconto de ICMS na compra de combustível de aviação. E espera-se brevemente o anúncio de novos voos que contemplem as demais cidades rondonienses.

Desde o segundo semestre do ano passado, as companhias começaram um processo de redução da frequência dos voos para Rondônia, o que ocasionou aumento da tarifa, sendo umas das maiores praticadas em todo o Brasil, conforme informações da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV). Além do mais, acabou dificultando e até inviabilizando novos investimentos em Rondônia.

No ponto de vista do presidente da FIERO, Marcelo Thomé, a demanda por voos a partir das cidades rondonienses é crescente em razão do aumento de investimentos feitos em todo estado, em especial nas atividades agropecuária e grãos. “Esse incentivo demonstra a sensibilidade por parte do governo em querer restabelecer novas rotas por um valor mais atrativo aos que desejam fazer negócios em nosso estado”, afirmou.

Thomé elogia a visão do governador Marcos Rocha acrescentando que esse incentivo reduzirá o tempo de deslocamento, facilitando a logística interna pela via aérea com os demais os estados e demais cidades de Rondônia. “Além dos negócios essa regularidade e aumento de voos, atenderá o direito de ir e vir dos passageiros, inclusive daqueles que necessitam se deslocar por questões de saúde”, enfatizou.

Imprensa/FIERO

Gostou? Compartilhe esta notícia!

Facebook
WhatsApp